top of page

DICOTOMIA E O ABISMO

Entre o sim e o não, a calma e a correria, o certo e o errado - a dicotomia tem dominado os discursos na sociedade do aqui e agora. Seja em discussões políticas, em ideologias sociais, ou até na opinião sobre si mesmo, a necessidade de opinião com tanto afinco tem inflado nos tempos de redes sociais e resoluções instantâneas, levando o olhar a enxergar respostas em preto e branco. É isso ou aquilo e ponto.

Inspirada nessa realidade, fortalecida entre as paredes da cidade, a coleção de colares denominada “Dicotomia e o abismo” - feita a partir do uso da técnica de upcycling - se inspira no preto e branco das opiniões, nas linhas e formas geométricas das divisões e na arquitetura urbana que abriga o sentimento entre o dito e o não dito. 

E, quando afirmar se torna obrigação, as quatro paredes de casa se apertam na precisão de opinar. Assim, nasce o ensaio de autorretrato com as dez fotos que apresentam o trabalho, personificando o abismo entre os dois lados da moeda.

bottom of page